Estado

“A Educação é prioridade do governador Ronaldo Caiado” assegura Gracinha em reunião com a Educação

“Quero que vocês tenham certeza que a Educação é e será a prioridade do governador Ronaldo Caiado, sempre. Sabemos que não existe cidadania, Estado forte nem dignidade sem Educação”. Ao reafirmar esse compromisso, a presidente do Grupo Técnico Social de Goiás (GTS), primeira-dama Gracinha Caiado, foi aplaudida por professores, servidores e alunos pertencentes às 24 unidades da rede estadual que foram selecionadas para o Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral (EMTI), do Ministério da Educação.

As escolas são de Ensino Médio e passam a contar com recursos para investimento em infraestrutura e formação de professores. Realizado no Centro de Convenções de Goiânia, o I Encontro Formativo para os Novos Centros de Ensino em Período Integral reuniu 600 pessoas da comunidade escolar e contou a participação da primeira-dama, que representou o governador Ronaldo Caiado. Ele cumpria agenda em Campos Belos, onde inaugurou mais uma agência do Vapt Vupt, nesta terça-feira.

Ao lado da secretária de Estado da Educação, Fátima Gavioli, Gracinha Caiado foi recebida por um corredor musical formado por alunos do Centro de Ensino em Período Integral Cecília Meirelles. A primeira-dama enfatizou que todo o governo está trabalhando dia e noite para que a Educação pública em Goiás se torne referência no Brasil. “Então, vamos olhar para aqueles que precisam da nossa mão estendida, do nosso apoio, porque a Educação nunca para. Tenham a certeza da nossa responsabilidade e determinação em fazer de Goiás um Estado melhor para todos”, evidenciou.

A secretária Fátima Gavioli destacou que o Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Educação (Seduc), tem recuperado recursos federais – que até 2018 chegavam a ser devolvidos à União por falta de projetos – e ainda gerado economias para direcionar suas verbas estritamente às unidades de ensino e aos profissionais da educação. “Graças ao esforço do governador Ronaldo Caiado, conseguimos economizar e deixar na própria pasta as economias que a Educação conseguiu fazer. Isso só foi possível porque houve seriedade e compromisso”, apontou.

0 Compart.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *