Política

“É hora de acabar com a política do atraso em Goiás”, diz Daniel Vilela.

DANIEL EM TURVANIA_700x0

Daniel Vilela em discurso em Turvânia.

Ao dar posse à nova comissão provisória do MDB de Turvânia, o pré-candidato a governador do partido, Daniel Vilela, afirmou que está na hora de Goiás deixar a política do atraso e enfatizou que somente o MDB tem credibilidade e capacidade de representar a renovação política para o Estado.

“Chegou a hora de termos em Goiás uma nova prática política, que deixe de lado a ocupação dos cargos públicos apenas pensando em alianças políticas e eleitorais. Temos que deixar de lado essa prática política cujo primeiro ato do atual governador é nomear o cunhado do ex-governador para um cargo vitalício”, disse, referindo-se a Sérgio Cardoso, cunhado do ex-governador Marconi Perillo, que foi nomeado pelo atual governador, José Eliton, para o cargo de conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM).

O pré-candidato lembrou que o MDB sempre fez oposição ao atual governo do Estado e que o governador José Eliton cometeu um ato falho ao dizer na sua posse na Assembleia Legislativa que representava a mudança em Goiás. “Ele já iniciou o mandato omitindo que faz parte de um grupo político que está no poder há 20 anos, do qual foi vice-governador. Ou seja, ele admite o cansaço dos goianos com seu grupo político e tenta enganar os goianos buscando para si algo que ele não representa.”

Daniel concluiu dizendo que, no entanto, Goiás não pode retroceder e voltar uma política de poucos resultados. “Precisamos ter novas pessoas no governo, com credibilidade, competência e decência para promover os avanços que Goiás precisa. E dos pré-candidatos colocados, somente nós temos a credibilidade e a legitimidade de propor algo novo, diferente do que temos agora”, afirmou.

0 Compart.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *