Nacional

Saúde realiza chamada pública para combater anemia infantil

Creche infantil / Foto: Arquivo pessoal da nutricionista Daiana Ferrari

jornal Comunidade em Destaque.No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, uma em cada cinco crianças menores de cinco anos apresentam anemia, especialmente as menores de dois anos de idade. Entre as anemias, a mais comum é a Ferropriva, causada por ausência de ferro no organismo. Nas crianças, a doença prejudica o crescimento, compromete a capacidade de aprendizagem e reduz a resistência a infecções. Ingerir alimentos que oferecem nutrientes ajuda a prevenir a doença que pode levar a morte.

Desde 2014, o Ministério da Saúde adota uma estratégia de fortificação da alimentação com micronutrientes em pó, rico em vitaminas e minerais, para combater a anemia e a desnutrição infantil. O Programa NutriSUS oferece sachês com 15 micronutrientes na alimentação de crianças de seis meses a 3 anos e 11 meses de idade matriculadas em creches participantes do Programa Saúde na Escola, do Ministério da Saúde.

Segundo o coordenador-geral Substituto de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, Eduardo Augusto Fernandes Nilson, o programa atende todo o Brasil. “Esta implantação já está em grande escala. Nós já temos a aplicação do suplemento em 1.042 municípios e 6.322 creches. São 303.608 crianças no país. O programa já se expandiu para distritos sanitários especiais indígenas, ou seja, mais 4.290 crianças indígenas que começam a ser suplementadas com o NutriSUS”, disse o coordenador.

0 Compart.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *