Estado

Toma Posse na Superintendência Executiva da Agricultura de Goiás Antônio Carlos.


Toma posse o Superintendente Executivo de Agricultura da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Científico e Tecnológico e de Agricultura, Pecuária e Irrigação Antônio Carlos de Souza Lima Neto.

Nessa quarta-feira 2/1 tomou posse  no Palácio da Música do Centro Cultural Oscar Niemeyer (CCON), como Superintendente Executivo de Agricultura da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Científico e Tecnológico e de Agricultura, Pecuária e Irrigação Antônio Carlos de Souza Lima Neto.

 O Superintendente é graduado em Engenharia Agronômica, possui especialização em Formação de Lideranças – Fundação Dom Cabral, é Pós-graduado em Gestão do Agronegócio – REHAGRO. Concluiu também curso de Pós-graduado em Gestão de Negócios – MBA Executivo. IBMEC. E foi Superintendente do SENAR AR/GO.


Superintendente Executivo de Agricultura Antônio Carlos de Souza Lima Neto.

Em entrevista ao Jornal Comunidade em Destaque, Antônio Carlos comentou que irá buscar o fortalecimento de propostas e iniciativas do desenvolvimento econômico do Estado de Goiás, aonde irá  fortalecer às pastas do Meio Ambiente e Agricultura.

“Olha serão duas pastas correlacionadas à de  Agricultura e do Meio Ambiente, aonde se fortalecem pelo seu propósito, cada uma com sua missão. O papel do Estado e de facilitar o segmento produtivo, e consequentemente a produção com sustentabilidade  será o nosso alvo. Vamos sim! crescer e aumentar a eficiência na produção, e respeitar o meio ambiente”.declarou.   

Em relação as parcerias com órgãos que promovem cursos técnicos, o Superintendente  ressaltou a importância do fortalecimento de mão de obra em todas as pastas com o Sistema (S).

“A missão nossa e de buscar parcerias com todas as pastas do Estado, o Governador Caiado deixou exposto para que façamos, aonde  iremos buscar a parceria com o Sistema (S). Que é uma referência em qualificação, e aperfeiçoamento da mão de obra. E não será diferente na busca e o aprimoramento que iremos  ter com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural o (SENAR), que capacita e qualifica a mão de obra no meio rural. E com isso iremos fortalecer o seguimento produtivo.Ressaltou.

O chamado Sistema S é o conjunto de instituições corporativas voltadas a treinamento profissional, pesquisa e assistência técnica e social. Ao todo, são nove instituições (todas iniciadas com S Sesc, Sesi etc), estabelecidas pela Constituição Federal, cada uma voltada a uma área de atuação, como indústria, comércio, agronegócio e cooperativismo.

0 Compart.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *