Destaque

Governador afirma que está focado em melhorar a vida dos goianos

Governador Ronaldo Caiado em entrevista

Ao avaliar os primeiros 60 dias de governo, o governador Ronaldo Caiado afirmou nesta sexta-feira, dia 8, que governantes não precisam de luxo e que está focado em melhorar a vida dos goianos. “Nós precisamos cuidar das pessoas. Eu vivo e mantenho minha família com o que tenho. Tenho qualidade moral para governar. Estou na vida pública há mais de 30 anos e nunca houve nada que me desabonasse. As ‘viúvas da corrupção’ estão batendo, mas não vou ceder”, disse em entrevista ao Programa Sandes Júnior, na Rádio 99,5 FM.

Ronaldo Caiado recordou que recebeu o Estado com apenas R$ 11 milhões em caixa e uma dívida de R$ 3,4 bilhões, incluindo a folha de pagamento de dezembro que sequer foi empenhada pelo ex-governador José Eliton.

Dentre as primeiras ações para por ordem na casa, relatou que tem reavaliado contratos para acabar com desperdício e desvio do dinheiro público, o que tem gerado muita resistência por parte de alguns grupos que se beneficiavam. “O goiano pode ter certeza, vou enfrentar as dificuldades e preciso do apoio de vocês. Vou governar para 6 milhões e 700 mil goianos”, assegurou. “O dinheiro não será gasto com mordomia, o dinheiro será gasto para cuidar bem das pessoas”, afirmou Caiado.

Como exemplo, relatou que em dois meses o governo alcançou resultados muito positivos na área da Segurança Pública. Na entrevista, Caiado destacou o empenho das polícias e demais agentes da segurança que refletiram diretamente na redução da criminalidade. “Nos 60 dias, nós já tivemos a maior queda de indicadores em crimes como a vida. Os casos de homicídios baixaram 8,6%; as tentativas diminuíram 15,5%; latrocínio 6,25%”, informou.

Caiado também falou do amplo esforço para resolver a situação caótica das rodovias. “Precisamos parar com essa coisa de culpar a chuva, uma coisa abençoada. O que acaba com o asfalto é a corrupção. Precisamos honrar o imposto que o cidadão paga em nosso Estado. Só um exemplo: a etapa da GO-070 entre Itauçu e Itaberaí foi inaugurada em 2018 e já está cheia de buraco. Já mandei oficiar todas essas empreiteiras para que venham assumir as responsabilidades sobre as obras que entregaram”, enfatizou.

O governador esclareceu sobre o futuro do Programa Jovem Cidadão, que irá continuar. O governo deve lançar na próxima semana a licitação para escolha de nova empresa que deve oferecer melhores condições aos participantes do programa. “Ninguém vai acabar com o Jovem Cidadão. Estou fazendo o que sou obrigado a fazer pela lei, pois a entidade responsável pelo programa está em condições de ilegalidade. Não cumpriu as exigências e está assim há 20 anos”, apontou, acrescentando que o Governo do Estado pagava “quase R$ 1 mil por jovem, mas ele estava recebendo apenas R$ 400”.

O governador lembrou ainda que na próxima quinta-feira, dia 14, será realizado o leilão dos dois carros de luxo, adquiridos pelos ex-governadores Marconi Perillo e José Eliton, e que ficavam à disposição dos ex-gestores. O valor arrecadado será revertido para o Hospital Materno Infantil (HMI).

Dia da Mulher
O protagonismo feminino na sociedade goiana também foi um dos temas abordados pelo governador Ronaldo Caiado. “Hoje a mulher é protagonista. Elas são maioria e se destacam na Medicina, Direito, Comunicação. Exemplo é meu próprio governo, em que cinco das 17 secretarias são comandadas por mulheres”, celebrou Caiado, em reconhecimento a Cristiane Schmidt (Fazenda), Fátima Gavioli (Educação) Juliana Pereira Diniz Prudente (Procuradoria-Geral do Estado), Andrea Vulcanis (Meio Ambiente) e Valéria Torres (Comunicação).

Na entrevista, ele anunciou o lançamento do Pacto Goiano pelo Fim da Violência Contra a Mulher e falou de projetos na área da Saúde voltados ao público feminino. “Vamos fazer com que os médicos do HGG [Hospital Geral de Goiânia], principalmente da parte de ginecologia e obstetrícia, tenham lá um atendimento diferenciado para contemplarmos o maior número de mulheres nesta área, principalmente na parte ginecológica, como plástica de períneo, histerectomia e ligaduras”, comentou.

Outra ação prevista para o segundo semestre é levar carretas de prevenção ao câncer, aos moldes do trabalho realizado pelo Hospital do Câncer de Barretos, para percorrerem o interior do Estado. “As carretas estarão principalmente nas regiões mais carentes do Estado, com aparelhos de última geração, oferecendo exames de mamografia e papanicolau, permitindo um diagnóstico mais precoce”, explicou.

Já o Pacto Goiano pelo Fim da Violência Contra a Mulher será uma ação permanente promovida pela Rede Estadual Pelo Fim da Violência Contra a Mulher e coordenada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Seds). A proposta é implantar ações conjuntas que visam combater a cultura da violência contra a mulher, bem como o número de ocorrências dessa natureza registradas em Goiás. Para isso, será criado um plano de ação estadual, além de políticas públicas específicas.

Policlínicas
Compromisso firmado em seu plano de governo, Caiado garantiu o início, a partir de julho, da implantação das policlínicas no Estado. As primeiras serão inauguradas em Posse e Santa Terezinha de Goiás, nas regiões Nordeste e Norte de Goiás, respectivamente.

As unidades de atendimento vão oferecer 10 especialistas em cada região, com equipamentos para tomografia, mamografia, ultrassom, exames de esforço e hemodiálise. “Virão para Goiânia apenas casos de alta complexidade. Com as policlínicas, daremos mais dignidade aos pacientes. Isso é o clamor do povo: 47% da demanda do goiano é por saúde”, salientou.

0 Compart.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *