Estado

Juntos Pelo Araguaia reúne professores das universidades federais de Goiás e de Viçosa

A secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Andréa Vulcanis, participou de reunião, nesta segunda-feira, dia 16, às 10h, com grupo de trabalho formado por professores das universidades federais de Goiás e de Viçosa (MG). Em pauta, está a construção da metodologia de seleção de áreas prioritárias para intervenção do Programa Juntos Pelo Araguaia.

O Ministério do Desenvolvimento Regional liberou, em novembro, a parcela do repasse, no valor de R$ 1,12 milhão, para a Universidade Federal de Viçosa aplicar na identificação de áreas prioritárias que serão revitalizadas na região do Alto Araguaia. No total, cerca de R$ 2,8 milhões serão investidos nas primeiras ações do programa idealizado pelos governos de Goiás, Mato Grosso e Federal.

Os mapeamentos preliminares indicam que os trabalhos de recomposição florestal e conservação de solo e água deverão ter ações iniciais em 10 mil hectares, metade em território goiano. No total, os levantamentos vão abranger 2,7 milhões de hectares em 15 municípios de Goiás e outros 2,3 milhões de hectares em 12 municípios de Mato Grosso.

A Federal de Viçosa ficou responsável pela coordenação da elaboração dos estudos de áreas prioritárias e do projeto executivo, etapa inicial do programa, a partir do reconhecimento nacional da instituição nos esforços para reconstruir a Bacia do Rio Doce, destruída pelo rompimento da Barragem do Fundão, em Mariana (MG), em 2015.

0 Compart.

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *